Home EXAMES

Cintilografia Óssea

INFORMAÇÕES AO PACIENTE SOBRE O EXAME DE CINTILOGRAFIA ÓSSEA

O que é cintilografia óssea?
A cintilografia óssea é um dos procedimentos mais antigos e estabelecidos da medicina nuclear, representando mais de 1/3 dos exames realizados na especialidade.
Basicamente consiste na injeção na veia de radiotraçador ósseo (difosfonados) que permite o rastreamento do esqueleto como um todo.

Para que serve o exame?
A cintilografia óssea permite a detecção precoce de qualquer condição que aumente o metabolismo dos ossos, dentre os quais se destacam:

  • Pesquisa de metástases (infiltração dos ossos por câncer, em geral de pulmão, próstata e mama);
  • Infecções e inflamações dos ossos – osteomielite (principalmente em crianças);
  • Osteonecroses (interrupção do suprimento sanguíneo para o osso);
  • Dores lombares (suspeita de sacroileíte ou espondiloartropatias);
  • Fraturas de estresse, em geral nos atletas;
  • Avaliação tardia de próteses, principalmente dos quadris;
  • Avaliação e seguimento de tumores ósseos;
  • Doenças osteometabólicas (Paget, displasias, raquitismo, hiperparatireoidismo, etc.).

O exame é seguro?
Sim. Os riscos são mínimos e relacionados apenas a probabilidade de reação adversa a medicamentos (incluindo reação alérgica), sendo o rubor cutâneo temporário (pele avermelhada) a reação mais verificada, não se observando nenhuma reação grave que necessite de hospitalização ou que cause sequela para saúde.
Lembre-se: o exame é contra-indicado em mulheres gestantes ou em amamentação. Caso esteja amamentando, deve-se suspender a amamentação e o contato íntimo com a criança por no mínimo 24 horas após o exame.

Quais são as principais recomendações para o exame?

  • Não é necessário jejum. Alimente-se normalmente;
  • Procure vestir roupas confortáveis, sem excessos de botões ou peças metálicas;
  • Evite cintos com fivelas muito grandes e joias em excesso;
  • Não é necessário vir de bexiga cheia;
  • Se possuir, traga exames recentes relacionados ao seu caso (cintilografias prévias, radiografias, tomografias, ressonância, ultrassom, biópsias, relatórios médicos).

Como é realizada a cintilografia óssea?
Será realizada injeção na veia com agulha fina (desconforto mínimo) do radiotraçador ósseo MDP-99mTc (metilenodifosfonado marcado com tecnécio). A dose de radiação é baixa (similar ao exame da radiologia), com probabilidade quase nula de reação alérgica. Caso seu médico (a) tenha solicitado ou se o médico nuclear do CERMEN achar necessário, no momento da injeção será realizada a análise de fluxo sanguíneo, com obtenção de imagens que durarão cerca de 5 minutos.